*Por Rebeca Garcia de Paula

Seis dias trabalharás, mas ao sétimo dia, descansarás.
Êxodo 34:21a

Esta é mais uma curta prescrição do nosso “Grande Médico”, o Senhor, tão clara e também negligenciada…

Não quero aqui entrar no mérito de qual dia da semana devemos descansar, mas sim, no fato de precisarmos de um momento de descanso semanal. Deus nos deu a vida, e com ela também o manual da existência para vivermos bem. Se não o considerarmos, certamente teremos problemas! Podemos chegar à “estafa” – como hoje em dia muito se fala, o “burnout”, e isso falo por experiência própria!

Descansar não é um sinal de fraqueza, pelo contrário, é uma evidência de que o Médico dos médicos nos conhece e nos orienta aquilo que é o necessário para nossa saúde! Devemos reconhecer nossas limitações!

Carecemos descansar nossa mente e nosso corpo, contemplar as maravilhas que o Senhor fez, como Ele mesmo nos deu o exemplo (Gênesis 2:2-3). Isso ajuda a renovar nossas forças e a afastar-nos da ansiedade, a qual tem se manifestado com vários sintomas nesses dias, sendo a insônia um dos principais.

É impressionante o aumento da venda de “calmantes” (sedativos) e hipnóticos a cada dia!

O rei Davi abordou este assunto em vários de seus salmos! Dois deles me remetem à minha infância: o Salmo 4, no versículo 8, onde ele declara “Em paz me deito e logo pego no sono, porque, Senhor, só tu me fazes repousar seguro”. Decorei esse versículo de tanto meu pai recitá-lo para mim na hora de dormir e quando eu tinha medo de ficar sozinha no quarto. O outro é o Salmo 23, que decorei, com auxílio de minha mãe, para recitar na formatura da “alfabetização”, aos 6 anos de idade, que diz no verso 2: “Ele me faz repousar em pastos verdejantes”. Eu, como sua ovelha, e Ele, como o meu Senhor, o bom pastor, “me leva para junto das águas de descanso”. Não há refrigério melhor para nossa alma (verso 3)! Mesmo que estejamos atravessando o “vale da sombra da morte”, não precisamos “temer mal algum, porque Ele está conosco e nos consola” (verso 4).

Se descansar é bom, descansar em Deus é ainda melhor! Vejamos ainda estes versículos:

“Volta, minha alma, ao teu sossego, pois o Senhor tem sido generoso para contigo” (Salmo 116:7).

“Tu, Senhor, conservarás em perfeita paz aquele cujo propósito é firme; porque ele confia em ti” (Isaías 26:3).

E a promessa do Senhor: “A minha presença irá contigo, e eu te darei descanso” (Êxodo 33:14). Que magnífico!

Você já experimentou descansar física e mentalmente pelo menos uma vez por semana? E já tem vivenciado o descanso no Senhor? Se não, acha que compensa viver da mesma forma daqui em diante?

Deixe um comentário

O seu email não pode ser publicado.